Quem somos?

Somos agentes potencializadores de comunidades periféricas em situação de vulnerabilidade. Para isso, buscamos viabilizar o acesso aos direitos humanos na perspectiva universal, indivisível e interdependente.

a) promover, defender e garantir os direitos de pessoas e comunidades em situação de vulnerabilidade social e violação de direitos;

b) prestar consultoria e assessoria para movimentos populares, organizações da sociedade civil, instituições de assistência social e sindicais, entre outros organismos nacionais ou internacionais;

c) realizar estudos e pesquisas, bem como organizar e promover cursos, oficinas, seminários, congressos e atividades similares;

d) elaborar e desenvolver produtos de caráter editorial, de difusão cultural e educação política;

e) promover e apoiar atividades culturais que contribuam para atingir essas finalidades;

f) impulsionar e estimular a economia popular solidária;

g) atuar junto aos poderes públicos, visando à proposição e ao controle social das políticas públicas;

h) atuar extrajudicial ou judicialmente, na instância nacional e internacional, em defesa das presentes finalidades.